A melhor Plataforma
E-commerce do Brasil
71 3165-4080
Crie sua loja virtual

E-commerce, Confiança ou Confiabilidade?

Tema: Nível de confiança como diferencial no E-commerce

24/11/2010

Fonte: E-commerce News

Por que abordamos esse tópico hoje? Simples. Pois as duas palavras em nosso dicionário nos remetem a coisas distintas, mas que ao mesmo tempo andam em paralelo para o mundo de vendas online nos dias de hoje.

O Consumidor Online hoje está muito mais seguro do que deseja em uma loja virtual, ele sabe o que lhe agrada e o que não lhe agrada. Sabe levantar dados da empresa. Sabe, em muitos casos hoje em dia, só de olhar, se aquela empresa veio para ficar.

O brasileiro está cada vez mais aderindo ao mundo de compras online, visto que no último levantamento da E-Bit 2008 teve um crescimento de 30%. Isso se dá ora por conta de falta de tempo de ir a uma loja física, ora por conta de não precisar pegar filas em estacionamentos de Shoppings, e ora até mesmo por medo de sair de casa.

Portanto hoje as definições Confiança e Confiabilidade se encaixam como uma luva para o lojista de internet. Por que? Porque somente oferecendo essas duas palavrinhas você poderá contar com que seu cliente entre em sua loja e efetivamente compre o seu produto.

Esses dias estive em um cliente e ele me mostrou um relatório que quase me fez cair da cadeira. Ele estava tendo uma média de 800 acessos únicos diários, mas nenhuma venda. Todos sabemos que não existem fórmulas mágicas para reverter esses número todos em vendas. Mas por outro lado, 800 acessos únicos e nenhuma venda é um desperdício total.

De posse dessas informações, e ainda ao lado de nosso cliente, entramos em seu site para simular uma compra.

Qual a nossa surpresa?

   1. Não havia nenhum selo de segurança a qual a loja pertencia;
   2. Não aparecia o Cadeado de Segurança ? SSL (Security Socket Layer) quando o cliente entrava com seus dados;
   3. No navegador, não apareceria antes do domínio o HTTPS;
   4. A Loja somente vendia por depósito bancário e SEDEX a Cobrar;
   5. Não havia sistema de rastreamento de mercadorias;
   6. Não eram visíveis as políticas de Troca & Devolução, Formas de Pagamento e Envio;

Em resumo, as perguntas a nosso cliente foram:

- Qual a Confiabilidade que sua loja está passando para seu consumidor na hora de comprar?

- Você teria a Confiança de colocar seus dados pessoais como CPF, RG em uma loja dessas?

Bom, todos sabemos a resposta, correto?

Por isso, ao desenvolver sua loja virtual, pense sempre nessas duas palavrinhas, CONFIABILIDADE e CONFIANÇA, pois a primeira é preciso passar e mostrar a seu cliente, e a segunda somente se ?conquista, não se compra?.






Veja também

Google+