A melhor Plataforma
E-commerce do Brasil
(11) 3136-0561
Crie sua loja virtual

Opiniões na internet pautam o novo consumidor

Tema: Monitoramento de Marca

02/10/2011

Fonte: ProXXima | Autor: José Saad Neto



Antes de comprar, consultar. A premissa se torna ainda mais verdadeira quando nos referimos aos nativos ou adeptos ao universo digital. Segundo a pesquisa Rastreador de Tendências Digitais 2011, do Cone Inc., 80% dos consumidores americanos afirmam mudar de ideia sobre um produto se encontram impressões negativas sobre ele na rede. Na edição do ano passado, esse número não passava de 67%. "Informação negativa é agora tão poderosa como a positiva", avalia Mike Hollywood, diretor de novas mídias da empresa e coordenador do estudo. "Para as empresas, deixar que os comentários negativos se espalhem não funciona mais. É preciso ter uma atitude ativa, interativa e reativa junto a esses consumidores", completou.

A boa notícia é que o boca a boca de críticas positivas tem balançado 87% dos compradores, confirmando sua decisão de compra, aponta o Cone Inc. O instituto - sediado em Boston e atuante em todo o continente norte-americano - revelou ainda que quase 90% dos entrevistados encontram nos canais online uma fonte confiável para análises de produtos e serviços. De acordo com a pesquisa, 59% dizem que são mais propensos a investigação de produtos ou serviços no ambiente digital porque eles podem acessar facilmente os aplicativos em seus telefones celulares.

O estudo, que entrevistou mais de duas mil pessoas entre março e julho deste ano, descobriu que os compradores estão indo muito além da leitura de comentários nos próprios sites de comércio eletrônico. Neste ano, 50% deles revelaram que procuram artigos e recomendações em blogs, um crescimento considerável se considerarmos os 28% da edição de 2010. "Os consumidores têm a capacidade de farejar. Eles estão, definitivamente, dando mais crédito às fontes na internet, valorizando a opinião dos blogueiros e formadores de opinião", conclui Mike Hollywood.





Veja também

Google+