A melhor Plataforma
E-commerce do Brasil
71 3165-4080
Crie sua loja virtual

Mais de 27% das transações de pagamento globais são feitas com mobile

Tema: E-commerce

20/05/2015

Fonte: E-commerce News

A Adyen, empresa de pagamentos multicanal, publicou o primeiro resultado trimestral do Mobile Payment Index, que monitora dados de pagamento global com as transações feitas com Adyen, com informações levantadas na base de clientes da empresa ao redor do mundo. Os pagamentos online usando dispositivos móveis continuam crescendo globalmente - de acordo com o levantamento, essa modalidade representa 27,2% da totalidade dos pagamentos online feitos no primeiro trimestre de 2015 - 25,8% acima do quarto trimestre do ano passado (período que registra tradicionalmente mais gastos) e massivos 39% no mesmo período de 2014. O valor médio de transação (ATV) dos bens digitais adquiridos via tablets ultrapassou o número para computadores/notebooks pela primeira vez desde que a Adyen começou a publicar o Mobile Payment Index em junho de 2013.

Os EUA apresentam forte crescimento, enquanto o Reino Unido lidera
O mercado dos EUA apresentaram crescimento expressivo no primeiro trimestre, com 26,7% dos pagamentos online feitos pelo mobile, um crescimento de aproximadamente cinco pontos percentuais em cima dos últimos seis meses. Essa média de crescimento foi comparada favoravelmente com a Europa, que apresentou apenas dois pontos percentuais de crescimento no mesmo período. No entanto, deve ser observado que em termos de regiões, a Europa lidera no geral, com 28,6% dos pagamentos online feitos com mobile. Enquanto isso, o mercado Asiático teve pela primeira vez a quebra da barreira dos 20% de representatividade para pagamentos online com mobile.

Nos termos de mercados individuais, o Reino Unido está bem a frente em relação as médias globais. No primeiro trimestre de 2015, 44,4% dos pagamentos no Reino Unido foram feitos usando um dispositivo móvel, sendo que no mesmo período de 2014 esse valor correspondia a 36,9% - com smartphones representando 66% desse valor e, em 2014, 64.9%.

Tablets atraem maior gasto por transação pela primeira vez
O Índice mostra que a média de valor de transação para a indústria de bens digitais tem aumentado em todas as plataformas ao longo dos últimos 12 meses. Os gastos com digitais online aumentaram 28% e 30%, para computadores/notebooks e tablets, respectivamente, mas o maior salto foi através de dispositivos móveis, onde o ATV aumentou 37% no ano-a-ano para 28,27 euros. Enquanto os smartphones estão crescendo rapidamente, o trimestre apresentou os tablets com um ATV de 32,66 euros ultrapassando computadores/notebooks (com um ATV de 31,19 euros) pela primeira vez.

Smartphones correm na frente, mas tablets seguem ao lado
O ATV nos smartphones talvez sejam menores em relação aos tablets, mas em volume puro em termos de diferença entre os gastos em smartphones e tablets, isso aumentou dramaticamente. Em março de 2014, os smartphones representaram 10,9% das transações online, em comparação com 9,3% dos tablets. Já em março de 2015, os smartphones foram responsáveis por 16% das transações online, enquanto tablets registraram 11,5% - refletindo um aumento de quase 300% na diferença entre smartphone e tablet. No mesmo período, os computadores caíram de 79,8% das transações online para 72.5%.

"Os tablets talvez estejam se aproximando da saturação do mercado. Mas por conta de varejistas e empresas enfocados na otimização do processo de pagamento para este canal - que está atraindo cada vez mais gastos com os consumidores - a confiança tem crescido na realização de pagamento online neste dispositivo", disse Roelant Prins, Chief Commercial Officer da Adyen. "Houve uma mudança sísmica em como e onde as pessoas estão começando a se sentir confortáveis para gastar dinheiro. Todos os canais móveis nos últimos 12 meses tiveram uma elevação impressionante."

iOS versus Android
Na batalha dos sistemas operacionais de smartphones, a Apple ainda segue na frente, mas o Google e a Open Handset Alliance estão fechando o cerco. O iOS terminou o primeiro trimestre desse ano com um market share de 65% dos pagamentos mobile, abaixo dos 69,5% do ano passado. Enquanto isso o Android chegou a 34,9% no encerramento do primeiro trimestre, ante 30,3% no mesmo período do ano passado. O Android talvez possa estar encurralando o iOS, mas as porcentagens da Apple ainda são muito mais equilibradas do que todos os dispositivos Android. No primeiro trimestre 2015, os iPads representaram 47,2% dos pagamentos móveis com iOS, contra 52,8% para iPhones, enquanto para o mesmo período os dispositivos móveis com Android representaram 78,2% do total de pagamentos com Android.

"A posição do Reino Unido como número um do mundo nos pagamentos mobile demonstra a infraestrutura de pagamentos do país, seu cenário de redes móveis altamente competitivo e a vontade contínua da população em geral em explorar novos canais de pagamento", disse Myles Dawson, Contry Manager da Adyen no Reino Unido.





Veja também

Google+